Introdução

De acordo com os bons dicionários, EDUCAR, do latim educare, é promover o processo de desenvolvimento da capacidade física, intelectual e moral da criança e do ser humano em geral, visando à sua melhor integração individual e social.

Foi exatamente com essa visão que nasceu a Faculdade EduCareMT: promover o ser humano nas suas mais variadas dimensões, ajudando-o a descobrir seus talentos e valores, desenvolvê-los e usá-los para a promoção de outros, criando uma corrente viva de solidariedade e permanente intercâmbio do saber.
Todos que vivemos na Era da Informação sabemos da importância da educação contínua, por isso é bem apropriado o uso pronominal do nosso verbo educar-se com o sentido de cultivar o espírito. De fato, buscando as raízes do vocábulo latino educare, encontramos educere, que significa tirar de dentro.
A Faculdade EduCareMT, assim, comprometido com a comunidade, apresenta seus serviços desenvolvendo ações que objetivam a capacitação dos profissionais na perspectiva crítica dos saberes, numa dimensão pessoal/singular e coletiva/social, promovendo a equidade de acesso e permanência aos centros de estudos e pesquisas conquistando a meta de uma EDUCAÇÃO PARA TODOS.

Por que a Faculdade EduCareMT?

A Faculdade EduCareMT nasceu da latente necessidade de promover a prestação de serviços educacionais de qualidade,em todos os níveis  de ensino e atuação doaFaculdade, seja ele extensão, aperfeiçoamento e especialização, assim como no âmbito da consultoria e assessoria educacional. Diante disso, a Faculdade EduCareMT anseia e busca, junto a seus Parceiros, disponibilizar à comunidade acadêmica serviços que zelem pela qualidade, respeito e prestabilidade a seus “clientes”, dispondo de profissionais capacitados e com vasta experiência acadêmica e profissional, tornando-os facilitadores e promotores de mudança, objetivo primordial da instituição, preocupada com a satisfação dos nossos alunos.

Objetivos

Dentre os objetivos a que se propõe a Faculdade EducareMT podemos mencionar cursos, seminários e consultorias para municipalidades e suas respectivas secretarias de educação, pesquisas sobre gestão educacional, o gerenciamento de projetos de cursos de extensão, pós-graduação. Celebrar e executar convênios e contratos com a administração pública e entidades de direito privado, para implementar projetos de caráter cultural, econômico-social e científico. Empreender a realização de eventos, concurso público, terceirização de serviços técnico-profissionais etc.

Legislação Brasileira  de Pós-Graduação

Existem dois tipos de cursos de pós-graduação no sistema de ensino brasileiro: Stricto Sensu e Lato Sensu. O Stricto Sensu é a linha dos cursos de mestrado e doutorado, indicada para quem pretende seguir carreira acadêmica, ou seja, trabalhar em atividades próprias de instituições de ensino, como é o caso da docência ou da pesquisa (também realizada em determinadas empresas).

Os cursos tipo Lato Sensu se distinguem em outros dois tipos, conforme a reforma realizada pela Resolução 01/2001: Especialização e MBA (Master in Business Administration). Foi dos Estados Unidos que se importou a terminologia MBA, internacionalmente utilizada para designar cursos de pós-graduação na área de negócios.

Mas de uma forma geral, esses dois tipos de cursos Lato Sensu (Especialização e MBA) são constituídos de cursos regulares em seguimento à graduação e que visam desenvolver e aprofundar a formação adquirida nos cursos de graduação. Dentro desse contexto, os cursos tipo Lato Sensu têm duração mínima de 360 horas/aula sendo que o aluno, ao final do curso e mediante a apresentação de monografia recebe um certificado. Esses cursos possuem um formato semelhante ao dos cursos tradicionais, com aulas, seminários e conferências, ao lado de trabalhos de pesquisa sobre os temas concernentes ao curso e avaliações.

O certificado, próprio desse tipo de curso, possui validade nacional e é emitido pela Faculdade EduCareMT. Por isso a validade dos certificados obedece a todas as exigências legais do Ministério da Educação e Cultura (MEC) conforme Resolução do CNE/CES 1/2007. (Câmara de Ensino Superior do Conselho Nacional de Educação), publicada no D.O.U. em 08 de Junho de 2007.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support